rev_dilvan

O Tesouro Celestial

29 de junho de 2015
Rev. Dilvan Oliveira
1

Mateus- Capítulo 6 19 Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam; 20 mas ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam; 21 porque, onde está o teu tesouro, aí


Jejum

22 de junho de 2015
Rev. Dilvan Oliveira
1

Mateus- Capítulo 6 16 Quando jejuardes, não vos mostreis contristados como os hipócritas; porque desfiguram o rosto com o fim de parecer aos homens que jejuam. Em verdade vos digo que eles já receberam a recompensa. 17 Tu, porém, quando jejuares, unge a cabeça e lava o rosto, 18 com o fim de não parecer


Meu Refúgio

15 de junho de 2015
Rev. Dilvan Oliveira
1

Salmo- Capítulo 11 1 No SENHOR me refugio. Como dizeis, pois, à minha alma: Foge, como pássaro, para o teu monte? 2 Porque eis aí os ímpios, armam o arco, dispõem a sua flecha na corda, para, às ocultas, dispararem contra os retos de coração. 3 Ora, destruídos os fundamentos, que poderá fazer o justo?


Uma Nova Chance

1 de junho de 2015
Rev. Dilvan Oliveira
1

Marcos- Capítulo 16 7 Mas ide, dizei a seus discípulos e a Pedro que ele vai adiante de vós para a Galiléia; lá o vereis, como ele vos disse.


Louvor ao DEUS Todo Poderoso

25 de maio de 2015
Rev. Dilvan Oliveira
1

Salmo- Capítulo 147 1 Louvai ao SENHOR, porque é bom e amável cantar louvores ao nosso Deus; fica-lhe bem o cântico de louvor. 2 O SENHOR edifica Jerusalém e congrega os dispersos de Israel; 3 sara os de coração quebrantado e lhes pensa as feridas. 4 Conta o número das estrelas, chamando-as todas pelo seu


A Alimentação Milagrosa

20 de abril de 2015
Rev. Dilvan Oliveira
1

João – Capítulo 6 1 Depois disto partiu Jesus para o outro lado do mar da Galiléia, também chamado de Tiberíades. 2 E seguia-o uma grande multidão, porque via os sinais que operava sobre os enfermos. 3 Subiu, pois, Jesus ao monte e sentou-se ali com seus discípulos. 4 Ora, a páscoa, a festa dos


Oração do Pai Nosso

13 de abril de 2015
Rev. Dilvan Oliveira
1

Mateus – Capítulo 6 9 Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; 10 venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu; 11 o pão nosso de cada dia dá-nos hoje; 12 e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado


Cumprindo a Promessa

6 de abril de 2015
Rev. Dilvan Oliveira
1

Marcos – Capítulo 14 32 Então, foram a um lugar chamado Getsêmani; ali chegados, disse Jesus a seus discípulos: Assentai-vos aqui, enquanto eu vou orar. 33 E, levando consigo a Pedro, Tiago e João, começou a sentir-se tomado de pavor e de angústia. 34 E lhes disse: A minha alma está profundamente triste até à


A Cura de um Paralítico

30 de março de 2015
Rev. Dilvan Oliveira
1

João – Capítulo 5 1 Passadas estas coisas, havia uma festa dos judeus, e Jesus subiu para Jerusalém. 2 Ora, existe ali, junto à Porta das Ovelhas, um tanque, chamado em hebraico Betesda, o qual tem cinco pavilhões. 3 Nestes, jazia uma multidão de enfermos, cegos, coxos, paralíticos 4 [esperando que se movesse a água.


Oração do Pai Nosso

23 de março de 2015
Rev. Dilvan Oliveira
1

Mateus – Capítulo 6 9 Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; 10 venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu; 11 o pão nosso de cada dia dá-nos hoje; 12 e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado


Oração do Pai Nosso

16 de março de 2015
Rev. Dilvan Oliveira
1

Mateus – Capítulo 6 9 Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; 10 venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu; 11 o pão nosso de cada dia dá-nos hoje; 12 e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado


Oração do Pai Nosso

4 de março de 2015
Rev. Dilvan Oliveira
1

Mateus – Capítulo 6 9 Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; 10 venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu; 11 o pão nosso de cada dia dá-nos hoje; 12 e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado


Salmo 22 – O Salmo da Cruz

2 de março de 2015
Rev. Dilvan Oliveira
1

Salmos – Capítulo 22 1 Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? por que estás afastado de me auxiliar, e das palavras do meu bramido? 2 Deus meu, eu clamo de dia, porém tu não me ouves; também de noite, mas não acho sossego. 3 Contudo tu és santo, entronizado sobre os louvores de


O que é ser Igreja

23 de fevereiro de 2015
Rev. Dilvan Oliveira
1

1 Tessalonicenses- Capítulo 1 1 Paulo, Silvano e Timóteo, à igreja dos tessalonicenses em Deus Pai e no Senhor Jesus Cristo, graça e paz a vós outros. 2 Damos, sempre, graças a Deus por todos vós, mencionando-vos em nossas orações e, sem cessar, 3 recordando-nos, diante do nosso Deus e Pai, da operosidade da vossa


O Nosso Pastor

2 de fevereiro de 2015
Rev. Dilvan Oliveira
1

Salmo – Capítulo 23 1 O SENHOR é o meu pastor; nada me faltará. 2 Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas de descanso; 3 refrigera-me a alma. Guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome. 4 Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não


A Cura do Filho do Oficial do Rei

26 de janeiro de 2015
Rev. Dilvan Oliveira
1

João – Capítulo 4 46 Foi, então, outra vez a Caná da Galiléia, onde da água fizera vinho. Ora, havia um oficial do rei, cujo filho estava enfermo em Cafarnaum. 47 Quando ele soube que Jesus tinha vindo da Judéia para a Galiléia, foi ter com ele, e lhe rogou que descesse e lhe curasse